Filtro de Carvão Ativado

Filtro de Carvão Ativado

O equipamento é utilizado antes de equipamentos como desmineralizador, osmose reversa (a fim de não danificar as membranas) e abrandador (a presença do cloro pode afetar as resinas aniônicas e catiônicas).

Aplicação: Remoção de cloro, produtos químicos orgânicos (halogenados e hidrocarbonetos), sabor, odor e outros contaminantes de alta dispersão, através do processo de adsorção de partículas dissolvidas e quimissorção.


Elemento filtrante: carvão ativado de casca de coco.

Componentes: fundo falso com crepinas e defletor.

Pressão de funcionamento recomendada: 6 kg/cm².


Pressão Máxima: 8 kg/cm². *Acima consulte.

Montagem: aço carbono ou aço inox.

Conexões: victaulic, ponta de rosca e flange.

Acabamento: banho de fosfato interno e externo, fundo primer epóxi interno e externo, tinta PU interno e externo.

 

funcionamento

água bruta
adsorção das impurezas nos poros do carvão ativado
água filtrada
fundo falso com crepinas

filtração

Processo de adsorção de partículas dissolvidas e redução catalítica do cloro.

descarte
água filtrada
defletor

retrolavagem

Remoção das partículas, mas não limpeza total do leito. Realize testes físico-químicos periódicos para realização da troca do elemento filtrante.

 
 

opções disponíveis

informações para projeto:

  1. Vazão.

  2. Origem da água.

  3. Condições da água, teste físico-químico com as concentrações de cloro e compostos orgânicos.

  4. Presença de odor e gosto.

variações do produto

Sistema de Carvão Ativado Manual
Sistema de Carvão Ativado Automático
 

orientações de uso

  1. Filtros de carvão ativado não removem sódio, cloretos, nitratos, fluoretos e dureza.

  2. Verifique as condições do carvão sempre que possível, quando fora da validade o mesmo se torna um bloco sólido de difícil remoção.

  3. Ao adicionar um novo elemento filtrante atente-se em deixar um espaço de 30% do volume total do filtro para garantir a eficácia da retrolavagem.

  4. Não adicione reagentes químicos antes do filtro, água com pH<6 (água ácida) acelera o processo de corrosão do equipamento.

  5. A frequência de retrolavagem depende exclusivamente da água a ser tratada, faça testes utilizando o visor de retrolavagem. Leitos de carvão ativado precisam ser retrolavados periodicamente.

  6. Procure sempre fazer um teste físico-químico para certificar-se das impurezas presentes na água.

  7. Antes de adicionar o meio filtrante, verifique se as crepinas estão bem rosqueadas e adicione óleo lubricante na rosca macho do fundo falso.

Contato

Rua Elisa Silveira,240

São Paulo - São Paulo 

​​

Contato: (11) 3384-2313

                (11) 99208-7105

                (11) 94524-3139

marbella@marbella.com.br

© 2021 por Marbella do Brasil

Todos os direitos reservados